Só com o selo do Inmetro

A obrigatoriedade do selo do Inmetro para pastilhas e sapatas de freios para comercialização no varejo teve início em 29 de julho de 2017. 

O programa de certificação compulsória de autopeças prossegue e, desde de 29 de julho de 2017, o varejo só pode comercializar somente pastilhas e sapatas de freio com o selo do Inmetro, atendendo a Portaria Nº 301/2011 que prevê a certificação de diversos componentes que integram automóveis, camionetas, caminhonetes, comerciais leves, caminhões, caminhões-tratores, ônibus e micro-ônibus. A Nakata, fabricante de autopeças para o mercado de reposição com linhas de componentes para suspensão, transmissão, direção, freios e motor, líder em componentes undercar, desde 28 de janeiro de 2016 já fabrica pastilhas e sapatas de freios com o selo do Inmetro. “Nos últimos 60 anos, a Nakata sempre buscou excelência em seus processos de desenvolvimento de produtos para garantir a qualidade e, consequentemente, a durabilidade de todos os componentes fabricados. Quando se fala em pastilhas e sapatas de freio se remete logo à questão da segurança no trânsito, primordial para salvar vidas”, afirma Sergio Montagnoli, diretor de vendas e marketing da fabricante, acrescentando que por isso a Nakata já comercializa desde 2016 peças  produzidas com o selo do Inmetro.

Cartilha

A Nakata também lançou cartilha para tirar eventuais dúvidas de distribuidores, varejistas e aplicadores quanto à certificação compulsória, que pode ser acessada pelo link: http://www.nakata.com.br/Content/nakata/files/catalogos/Cartilhainmetro-freios.pdf, onde há a lista com códigos de produtos da marca com o selo do Inmetro e outros detalhes. Para facilitar a identificação, os itens que necessitam ser certificados, as embalagens possuem o selo do Inmetro. Montagnoli avisa distribuidores, varejistas e aplicadores: “É preciso ficar atento ao estoque para não perder mercadorias ou ser autuado pela comercialização de produtos sem o selo do Inmetro”.