Um EcoSport tunado

A Ford expõe um EcoSport tunado no SEMA 2017, a maior feira de acessórios e personalização de veículos do mundo, que abre para o público nesta terça-feira em Las Vegas, EUA. Com isso, o utilitário esportivo torna-se o primeiro veículo desenvolvido no Brasil a estrelar no salão que atrai fãs de todo mundo e movimenta um mercado de milhões de dólares em componentes e serviços de pós-venda.

A presença do modelo no evento sinaliza a importância do veículo no segmento de utilitários esportivos compactos, que já é forte em outras regiões do mundo e vem ganhando popularidade também no mercado norte-americano. O novo SUV começou a ser vendido nos Estados Unidos no mês passado, depois de estrear globalmente no Salão de Los Angeles de 2016.

Chamado de EcoSport Woodsman, o conceito foi criado pela preparadora Vaccar a partir de um modelo 4WD Titanium 2018 da linha e adota o tema de “lenhador moderno”. Preparado para rodar em estrada e fora de estrada, ele tem motor 2.0 tunado com kit de alimentação e sistema de escapamento Vaccar, que garante um ronco esportivo, e transmissão automática de seis velocidades.

Inspirado no espírito de liberdade, o conceito valoriza a vocação para grandes aventuras e a capacidade de chegar em qualquer lugar com estilo e atitude. Pneus Continental todo-terreno de grande porte, rodas raiadas Konig Runlite e alargadores de paralamas destacam a robustez do SUV, que traz carroceria com acabamento em duas cores: vermelho metálico e preto brilhante, com barras de teto prata. Na cabine, tem sistema de som Kicker com amplificador CX Series 600.1 e subwoofer de 10 polegadas.

O conceito será exibido ao lado de versões modificadas do Focus e do Mustang, já anunciadas pela Ford, além de modelos especiais das picapes F-150, F-250 e F-350 e do SUV Expedition. No total, a marca expõe mais de 50 veículos no seu estande, o maior entre os fabricantes no salão, mostrando as possibilidades de personalização dos seus produtos. Destinado somente a fabricantes, preparadores e profissionais da área, o evento não permite acesso a visitantes que não atuem no ramo.