Jeep Compass, no uso prático

 

A Revista Jornauto avaliou a versão Longitude de uma das marcas que mais inspiram confiança e performance no mercado.

É um carro que não passa despercebido no trânsito. O Jeep Compass é um SUV com um designer inspirador. A começar pelo conjunto óptico em desenho trapezoidal. A grade, com formato de uma boca com dentes cerrados, liga os faróis e trazem uma ideia de garra e força. Uma moldura preta contorna toda a lateral inferior e, na superior, um friso cromado que une a frente à traseira. O porta-malas agora com abertura elétrica nas versões Limited e Trailhawk é uma das novidades do modelo 2018, e agradará, principalmente, o público feminino. Esses novos modelos ainda contam com faróis de xênon e alerta de ponto-cego nos retrovisores.

Novas cores estão disponíveis; a verde Recon sólida e marrom Horizon metálico, deixam os novos compradores com 10 possibilidades.

Internamente

O couro cinza denominado skigray dos bancos da versão avaliada, aliado a detalhes em cinza e  preto das portas e painel, deixam o modelo com aspecto mais esportivo. Mas há ainda outras opções como: couro preto, caramelo ou tecido. No painel de instrumentos, uma tela de 3,5 polegadas dá mais interatividade para o condutor acompanhar as informações de desempenho do carro.

O que faltava está disponível agora: a possibilidade de espelhamento do celular smartphone com a central multimídia para Android Auto e Apple Car Play em uma tela de até 8,4 polegadas, dependendo do modelo.    

O volante multifuncional tem um apelo jovem com desenho atraente, e leva a marca Jeep em destaque no centro.

 

Motorização

O motor Tigershark flexível em abastecimento de 2 litros conta com 166 cv e 20,5 kgfm. O câmbio é de 6 velocidades automático e, aletas atrás do volante trazem mais esportividade, performance e dirigibilidade. Com a função start&stop (que desliga e religa o motor automaticamente em paradas de trânsito e semáforo), e melhorias na bomba de combustível e alternador, o modelo ficou até 11% mais econômico, segundo a fabricante pernambucana.

Outra novidade para o ano é o propulsor Multijet de 2 litros turbodiesel com 170 cv e 35,7 kgfm. Para essa versão o câmbio é de 9 marchas.

Gilberto Gardesani Filho

São Caetano do Sul, SP