Honda FIT EXL, no uso prático

Logo de cara o monovolume da Honda agrada, é fácil encontrar a posição para dirigir com a coluna de direção ajustável em altura e profundidade. Em movimento, a área envidraçada aliada a esse bom posicionamento garante ótima visão panorâmica do trânsito e os poucos mais de 145 mm de distância para o solo fica fácil visualizar e transpor os obstáculos e armadilhas das nossas vias. E é certo dizer que esse pequeno modelo japonês caiu no gosto dos brasileiros. No ranking da Fenabrave ele ocupa uma confortável 25º posição. No acumulado do ano, levando-se em conta a quantidade de modelos na faixa de preço que ele atua, os 12.701 emplacamentos são números a serem respeitados.

Conforto

O espaço interno é um dos pontos fortes desse carro, os 2.530 mm de entre-eixos garantem boa acomodação aos cinco ocupantes. Os bancos escamoteáveis e bipartidos em 60/40, com multiposições aumentam consideravelmente o espaço para carga, indo de 363 litros até 1.045 litros com os bancos dianteiros totalmente a frente.

O comprimento de 3.998 mm cabe em qualquer vaga nos disputados espaços urbanos.

O modelo EXL avaliado pela Revista Jornauto oferece um pacote interessante de opcionais.

A começar pela central multimídia com tele de 7 polegadas de visor tem entradas USB, MicroSD e P2. O sistema ainda oferece bluetooth, que pode ser acessado no volante e internet browser, programa desenvolvido para navegação.

O painel de instrumentos conta com computador de bordo e luzes de consumo que facilitam para uma condução econômica.

Os vidros são elétricos nas quatro portas e para o motorista o acionamento tem a função um toque com antiesmagamento.

Motorização

O Fit conta com o bom motor fundido em alumínio de 1.5 litro e 16 válvulas flexível em abastecimento.  O INMETRO divulga consumo de 8,3 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada para Etanol e 12,3 km/l na cidade e 14,1 km/l na estrada para gasolina.

 A potência de 115cv@6000rpm a gasolina e 116cv@6000rpm a Etanol e o torque de 15.2kgfm@4800rpm a gasolina e 15.3kgfm@4800rpm a Etanol aliado ao câmbio CVT garante bom desempenho, mais em busca de um consumo racional que de perfomance, tanto na cidade quanto na estrada.

Essa versão vem equipada com rodas em liga leve aro 16 polegadas e pneus 185/55 que deixam um visual mais atraente.

O sistema ativo de segurança conta com freio equipado com ABS/EBD evitando o travamento e a distribuindo a força de frenagem para as rodas, mas poderia vir equipado com discos também nas rodas traseiras.  

Conta com Airbag frontal e lateral mais o de cortina que complementam o pacote de segurança passiva do carro.

A direção elétrica é progressiva com sistema que oferece o peso ideal para todas as situações na dirigibilidade.

São quatro versões a sua escolha com valores sugeridos: LX MT - R$ 62.100,00; LX CVT - R$ 67.600,00; EX CVT - R$ 73.800,00; EXL CVT - 78.900,00.

Gilberto Gardesani Filho
São Caetano do Sul, SP